02 dezembro 2009

Cartões SD ficarão até três vezes mais rápidos

"A SD Card Association, consórcio de empresas que define os padrões usados em cartões de memória SD, dispositivos compatíveis e acessórios relacionados, está finalizando uma nova especificação provisoriamente batizada de SD Specification Version 4.0 que poderá multiplicar em até 3x a velocidade de leitura e gravação de dados em cartões SD, preservando a compatibilidade com os aparelhos atuais.

Segundo o site Tech-On!, cartões compatíveis com o novo padrão terão um pino extra, usado em um barramento serial de alta velocidade que poderá transferir dados a até 300 Mbit/s, contra os 104 Mb/s dos aparelhos atuais. Desempenho sob medida para vários tipos de aparelhos modernos, de MP3 players de alta capacidade a filmadoras de mão capazes de gravar vídeo em alta definição.

Para se beneficiar desta velocidade, entretanto, tanto os cartões quanto os leitores e aparelhos terão de ser compatíveis com o padrão 4.0. Um cartão 4.0 colocado em um leitor não compatível, por exemplo, vai funcionar, mas na velocidade do padrão atual.

Se tudo correr como planejado, o padrão estará finalizado no segundo trimestre de 2010, embora não haja estimativa de quando os novos cartões e aparelhos compatíveis chegarão ao mercado. Os cartões mais rápidos não devem ser confundidos com os cartões SDXC, uma nova geração de cartões de alta capacidade anunciada em janeiro deste ano, capazes de armazenar entre 32 GB (nos modelos atuais) a teóricos 2 TB (em um futuro próximo)."

Cartões SD ficarão até três vezes mais rápidos

"A SD Card Association, consórcio de empresas que define os padrões usados em cartões de memória SD, dispositivos compatíveis e acessórios relacionados, está finalizando uma nova especificação provisoriamente batizada de SD Specification Version 4.0 que poderá multiplicar em até 3x a velocidade de leitura e gravação de dados em cartões SD, preservando a compatibilidade com os aparelhos atuais.

Segundo o site Tech-On!, cartões compatíveis com o novo padrão terão um pino extra, usado em um barramento serial de alta velocidade que poderá transferir dados a até 300 Mbit/s, contra os 104 Mb/s dos aparelhos atuais. Desempenho sob medida para vários tipos de aparelhos modernos, de MP3 players de alta capacidade a filmadoras de mão capazes de gravar vídeo em alta definição.

Para se beneficiar desta velocidade, entretanto, tanto os cartões quanto os leitores e aparelhos terão de ser compatíveis com o padrão 4.0. Um cartão 4.0 colocado em um leitor não compatível, por exemplo, vai funcionar, mas na velocidade do padrão atual.

Se tudo correr como planejado, o padrão estará finalizado no segundo trimestre de 2010, embora não haja estimativa de quando os novos cartões e aparelhos compatíveis chegarão ao mercado. Os cartões mais rápidos não devem ser confundidos com os cartões SDXC, uma nova geração de cartões de alta capacidade anunciada em janeiro deste ano, capazes de armazenar entre 32 GB (nos modelos atuais) a teóricos 2 TB (em um futuro próximo)."

27 novembro 2009

Windows Live Hotmail

Corrigindo velhos ditados...

01- 'É dando que se ... engravida'.

02- 'Quem ri por último... é retardado'.

03- 'Alegria de pobre... é impossível'.

04- 'Quem com ferro fere... não sabe como dói'.

05- 'Em casa de ferreiro... só tem ferro'.

06- 'Quem tem boca... fala. Quem tem grana é que vai a Roma!'

07- 'Gato escaldado... morre, porra!'

08- 'Quem espera... fica de saco cheio.'

09- 'Quando um não quer... o outro insiste.'

10- 'Os últimos serão ... os desclassificados.'

11- 'Há males que vêm para ... fuder com tudo mesmo!'

12- 'Se Maomé não vai à montanha.... é porque ele se mandou pra praia.'

13- 'A esperança... e a sogra são as últimas que morrem.'

14- 'Quem dá aos pobres... cria o filho sozinha.'

15- 'Depois da tempestade vem a .... gripe.'

16- 'Devagar.... nunca se chega.'

17- 'Antes tarde do que ... mais tarde.'

18- 'Em terra de cego quem tem um olho é ... caolho.'

19- 'Quem cedo madruga... fica com sono o dia inteiro.'

20- 'Pau que nasce torto... urina no chão.'"

Windows Live Hotmail

'A vida é o dever que nós trouxemos para fazer em casa.

Quando se vê, já são seis horas!
Quando se vê, já é sexta-feira. ..
Quando se vê, já terminou o ano...
Quando se vê, perdemos o amor da nossa vida.
Quando se vê, já se passaram 50 anos!
Agora é tarde demais para ser reprovado.

Se me fosse dado, um dia, outra oportunidade, eu nem olhava o relógio.
Seguiria sempre em frente e iria jogando, pelo caminho, a casca dourada e inútil das horas.

Desta forma, eu digo: não deixe de fazer algo de que gosta devido à falta de tempo;
a única falta que terá, será desse tempo que infelizmente não voltará mais."

Mário Quintana

25 novembro 2009

Software faz videochamada via Skype no celular

O Fring, aplicativo gratuito que reúne vários sistemas de mensagens instantâneas no celular, agora é compatível com chamadas de vídeo feitas pelo Skype. O recurso é restrito, por enquanto, a determinados aparelhos com o sistema operacional Symbian, usado pela Nokia.

Programas como o Fring reúnem diversas redes, como Live Messenger, Google Talk e Skype, entre outros. O novo recurso permite fazer chamadas de vídeo usando a rede do Skype direto no celular, usando uma rede sem fio ou o 3G no telefone.

O software é compatível com a linha de aparelhos touchscreen da Nokia (como N97 e 5800) e modelos mais antigos, como N95, N95 8 GB e N82, mas os desenvolvedores prometem "para breve" uma versão do Fring com vídeo para outras plataformas. O download pode ser feito em www.fring.com.

MasterCard lança banco pelo celular

A MasterCard vai lançar em 2010 uma plataforma que permite realizar operações financeiras pelo celular, mesmo por pessoas que não tenham conta corrente em banco.

Em parceria com o Itaú Unibanco, a Vivo e a Redecard, o aplicativo, batizado de Mobile Network Gateway, permitirá aos usuários do serviço realizar transações como transferência de dinheiro, pagamentos de contas e fazer recarga de créditos para celulares pré-pagos.

Segundo o presidente da MasterCard no Brasil, Gilberto Caldart, o país foi eleito pela companhia para a estreia do produto pelo fato de ser um mercado com alto nível de penetração do mercado de telefones celulares, numa população com nível de bancarização ainda limitada, o que dá espaço para a rápida expansão da novidade.

'O programa dá acesso a serviços financeiros a pessoas não bancarizadas ou que tenham apenas conta poupança', explicou o executivo à Reuters.

Mais adiante, a empresa deve expandir o serviço para outros mercados emergentes.

Segundo um levantamento feito por uma consultoria ligada ao Banco Mundial, citado pela MasterCard, cerca de 4 bilhões de pessoas possuem telefone celular no mundo inteiro. Porém, um número bem menor delas, cerca de 1 bilhão, têm conta corrente em banco, número que deve subir para 1,7 bilhão de pessoas até 2012."

11 novembro 2009

Nokia começa a despachar modelo N900 para brigar com iPhone

A Nokia começou a entregar novo modelo celular topo de linha N900, um produto essencial para a batalha da maior fabricante de celulares do mundo contra os rivais iPhone e Blackberry. O presidente da Nokia, Olli-Pekka Kallasvuo, disse em discurso que a empresa já começou a entregar os aparelhos nesta terça-feira.

O modelo N900 é o primeiro telefone da Nokia com sistema operacional Linux Maemo, o que analistas veem como um fator essencial para a Nokia reconquistar terreno nos próximos anos. A Nokia manteve fatia de mercado de quase 40%, mas perdeu clientes entre os modelos mais caros para a Apple e para a RIM.

Investir em produtos de alta tecnologia é importante para a Nokia, porque além de perder mercado nesse tipo de produto, a empresa viu seus preços médios caírem mais rápido que a média da indústria.

O Goldman Sachs informou que espera que o índice que reflete a média dos preços dos produtos da empresa e a parcela de mercado que ela detém caia para 13% neste ano para celulares que custam mais que 350 dólares, ante 33% dois anos atrás.

26 agosto 2009

Microsoft lança aplicativo para uso de Twitter em celulares comuns

Nova tecnologia permite que aparelhos mais baratos usem aplicativos como Facebook.

- A Microsoft revelou uma nova tecnologia que permitirá que telefones celulares comuns, que não são smartphones, possam usar aplicativos como o Facebook e Twitter.

Criado para os mercados emergentes, o software OneApp poderá ser baixado no celular como se fosse um novo toque.

Ao invés de uma loja de aplicativos, semelhante àquelas oferecidas por muitos fabricantes de smartphones e operadoras de telefonia celular, o OneApp vai oferecer uma série de aplicativos padrão, decididos pela operadora.

A armazenagem dos aplicativos será mantida pelas operadoras ao invés dos usuários.

Até hoje, a falta de memória e de poder de processamento dos celulares comuns tem limitado a utilidade destes aparelhos para o uso de aplicativos.

"O que (esta tecnologia) vai permitir é que você tenha acesso aos aplicativos e serviços que você quiser a partir do aparelho que você já tem", afirmou Tim McDonough, diretor de gerenciamento de produtos para celulares da Microsoft.

"Se você não tem um computador, ou se divide um computador, seu celular poderá ser seu primeiro e único dispositivo de computação."

Em algumas semanas a operadora da África do Sul Blue Label Telecom se transformará na primeira operadora a usar o OneApp, oferecendo aplicativos para o site de relacionamentos Facebook, Twitter e o Windows Live Messenger.

Os produtores de aplicativos poderão adaptar os aplicativos que já oferecem em outras regiões. Isto fará com que seja mais fácil adaptar o software para o OneApp do que ajustar o OneApp para os vários aparelhos de celular. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

25 agosto 2009

Computadores podem ficar mais caros a partir do ano que vem

Depois de prorrogar o corte do IPI sobre carros, eletrodomésticos e materiais de construção, o governo tem agora na mesa o pedido da indústria de eletroeletrônicos para estender a renúncia fiscal sobre os computadores.

Segundo o diretor da área de informática da Abinee (Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica), Antônio Hugo Valério, a isenção do PIS/Cofins sobre computadores de até R$ 4.000, introduzida em 2005 com a chamada Lei do Bem, termina no final deste ano. Com o benefício, diz ele, esses produtos ficaram até 10% mais baratos, o que impulsionou as vendas no país.

Com o retorno da alíquota do PIS/Cofins, a Abinee prevê um "tombo" no ano que vem, por conta do encarecimento dos computadores. De acordo com Valério, em 2004, a indústria produziu 4 milhões de unidades. Em 2008, foram 12 milhões, uma alta de 200%.

Se o benefício não for prorrogado, vamos regredir muito. A indústria vai voltar no patamar anterior", disse ele.

O diretor da Abinee não soube precisar o volume de arrecadação que o governo abriu mão com a Lei do Bem. "Mas, certamente, o governo acabou ganhando mais do que perdendo, mesmo porque a informalidade na indústria diminuiu muito, de 73% em 2004 para 35% no ano passado. E com isso foi possível arrecadar mais procurado, o Mdic (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) não retornou.

Valério disse que a Abinee já iniciou as tratativas com o governo, mas a resposta tem sido "morosa" até agora.

22 agosto 2009

Cliente poderá reclamar via internet de call centers

Quem se sentir prejudicado pelos serviços de atendimento dos call centers poderá, a partir de hoje, relatar suas queixas pela internet diretamente ao Ministério da Justiça.

Um link, que ficará instalado na página inicial do site do órgão (www.mj.gov.br), vai permitir ao cidadão descrever o tipo de irregularidade cometida no atendimento, como ligação interrompida, gravada, transferida excessivamente ou demora de mais de um minuto.

O consumidor precisará cadastrar seus dados pessoais e repassar o número de protocolo do atendimento que motiva a reclamação. As informações repassadas pelos clientes visam ajudar a Secretaria de Direito Econômico a monitorar o funcionamento dos call centers e, eventualmente, adotar medidas contra as empresas.

As reclamações, contudo, não serão analisadas individualmente, como nos Procons.

Há três semanas, o SNDC (Sistema Nacional de Defesa do Consumidor) ajuizou ações cobrando da Claro e da Oi/Brasil Telecom R$ 300 milhões (de cada uma) por danos morais coletivos. As companhias admitiram ter problemas para se adequarem às novas regras.

21 agosto 2009

Picasa faz backup de fotos sozinho

Fazer backup do conteúdo no Picasa Álbuns da Web é fácil, já que o próprio Picasa, que quase todo mundo usa para gerenciar e enviar fotos para o serviço online, faz o trabalho rapidinho. Basta acessar Arquivo>Importar dos Álbuns da Web e escolher os álbuns que serão baixados. Todas as fotos baixadas ficam marcadas como Web Albuns, o que facilita o backup, ao acessar Ferramentas>Fazer Backup de Imagens.

20 agosto 2009

Usuários do XP confiam mais no Windows 7 que no Vista

Se poucos usuários do Windows XP migraram para o Vista por falta de confiança, esse quadro pode mudar com a chegada do Windows 7. Uma pesquisa realizada por sites de tecnologia com 5 mil usuários do antigo sistema constatou que a maioria deles tem uma impressão positiva da versão que está por vir.

Os sites de tecnologia Technologizer e PC World fizeram uma série de perguntas aos usuários do Windows XP, tanto pelos respectivos sites quanto pelo Twitter.

O resultado traz um pouco de alívio a Microsoft, pois 67% dos entrevistados responderam que já usaram o Windows 7 e gostam dele, mostrando que finalmente a empresa pode ter alcançado o que o Vista jamais conseguiu: convencer os usuários do XP a migrar.

Entretanto, apesar de verem com bons olhos o Windows 7, muitos dos que usavam o XP não têm planos de deixá-lo, e 80% declarou que ficará triste quando esse sistema for descontinuado, noticiou o site Slashdot.

A pesquisa mostrou que quase 30% ainda usa o Windows XP por estar confortável com esse sistema, enquanto 26% acha que o Vista não justifica uma atualização. Outros 21% pensam em compatibilidade com outros softwares e 14% acham que não possuem um computador potente o suficiente para receber um sistema mais novo.

Quando questionados sobre o Vista, aproximadamente 70% dos participantes disseram ter usado o sistema, mas quase a mesma porção tem opiniões um pouco ou muito negativas sobre ele, somando quase 60% deles. Menos de 5% dos que já usaram o sistema disseram ter uma opinião muito positiva sobre o Vista.

Os sites que promoveram a pesquisa informam que os dados não podem ser considerados como estatisticamente exatos e nem utilizados como tal.

15 agosto 2009

Google lança concurso oficial de fotos no Orkut

O Google lançou hoje seu primeiro concurso oficial de fotos no Orkut, chamado 'Maravilhas do Orkut', para incentivar a troca de imagens dentro da rede social.

Para participar, basta entrar no site www.maravilhasdoorkut.com.br e instalar o aplicativo de mesmo nome no seu perfil do Orkut. Cada usuário pode mandar até 25 imagens em cinco categorias.

São elas: 'O seu cabelo é assim ou é disfarce?', para fotos de penteados divertidos; 'Rachando o Bico', para sorrisos ou risadas engraçados; 'Puro Estilo', com estilo mais bizarro; 'Férias refrescantes', com foto de férias 'micadas' e 'Festa furada: tá na web, tá valendo', que pretende mostrar a pior festa possível.

Os prêmios variam de acordo com cada categoria e incluem um full makeover em salão de beleza com direito a sessão de fotos, ingressos para show de comédia, desfile de moda com passe VIP, viagem para a Turquia e camarote em um clube de São Paulo.

O aplicativo Maravilhas do Orkut foi criado pela equipe do Google e permite enviar e votar e nas melhores fotos. Para concorrer, o prazo para mandar imagens vai até 25 de setembro.

12 agosto 2009

Facebook terá versão para quem navega na internet via celular

Vazaram na noite desta terça-feira (11/8) informações e imagens do “Facebook Lite”, uma versão da rede social feita especialmente para quem usa a internet via celular e usuários com acesso à web por linha discada.

Aparentemente - e como o nome sugere -, o site é uma versão reduzida do Facebook. Ele conta com informações básicas dos usuários e as últimas mensagens postadas pelos integrantes da rede social, o que faz com que o Facebook Lite lembre bastante o Twitter.

O site ficou no ar por poucos minutos, no endereço http://lite.facebook.com. Alguns internautas também receberam um convite para testar o novo serviço. “Estamos construindo uma versão mais rápida e mais simples do Facebook, chamada Facebook Lite. Ela ainda não está pronta e temos vários detalhes para trabalhar, mas gostaríamos de saber suas opiniões sobre o que já foi feito até agora”, dizia a mensagem.

O site de notícias de tecnologia TechCrunch entrou em contato com a rede social e obteve uma resposta oficial sobre sua versão “lite”. “Atualmente, estamos testando uma alternativa ao Facebook, com menos recursos, e que carrega mais rapidamente. Ela permite fazer comentários, aceitar pedidos de amizade e escrever nos perfis dos outros usuários, além de olhar fotos e atualizações.”

“Os testes são feitos em países nos quais há um grande número de novos usuários que buscam uma experiência mais simples. Nesta noite, porém, o teste foi temporariamente exposto para uma base maior de usuários por engano. Ainda não abrimos o acesso ao Facebook Lite. As pessoas que não fazem parte dos testes e tentarem entrar no endereço lite.facebook.com serão redirecionadas para o endereço facebook.com."

Apesar de ter ficado no ar por pouco tempo, alguns blogueiros, como Jason Baptiste, conseguiram gravar algumas telas do Facebook Lite. Clique aqui para ver algumas das imagens.

11 agosto 2009

Office vai rodar nos celulares Nokia

A desenvolvedora de software norte-americana Microsoft chegou a um acordo com a fabricante de celulares finlandesa Nokia, segundo fontes próximas ao assunto, informa o The Wall Street Journal.

Pelo acordo, a versão móvel do pacote de aplicativos para escritório Office vai rodar nos celulares da Nokia.

A aliança entre a Nokia, maior fabricante de celulares do mundo, pode ajudar a Microsoft no segmento móvel e fortalecer o pacote de aplicativos Office que enfrenta a competição de soluções gratuitas do Google e da Sun Microsystems, segundo o Wall Street Journal.

As duas empresas competem no segmento móvel. A Microsoft desenvolve o sistema operacional Windows Mobile e a Nokia faz o Symbian, software que vai em seus celulares.

Nos últimos tempos, Microsoft e Nokia enfrentam forte competição de novas tecnologias, como o iPhone, da Apple, o BlackBerry, da Researh in Motion, e o sistema operacional Android, do Google.

Nesta quarta-feira (12/8), as duas empresas vão realizar conferência de empresa para fornecer mais informações do acordo.

06 agosto 2009

Novo beta do Google Chrome é 30% mais veloz

O novo beta do Google Chrome traz temas, HTML5 e 30% mais de velocidade. E mais: a Omnibox (barra de endereços e busca) ficou mais intuitiva e a "Nova Aba" ganhou novo design — agora você pode fixar os sites que mais visita, por exemplo. O suporte a HTML5 aumentou: dá pra assistir vídeos sem usar plug-in. E agora o Chrome tem diversos temas para você experimentar. Meu preferido? O padrão. Faça download para Windows aqui.

05 agosto 2009

Fundador do Facebook quer a liderança no Brasil

Mark Zuckerberg tem 25 anos e é o fundador do Facebook, avaliado em mais de US$ 6 bilhões. De acordo com dados da empresa, a rede social tem hoje cerca de 250 milhões de usuários por todo o mundo. No Brasil, os números do serviço ainda são acanhados se comparados ao líder Orkut. Tem 1,3 milhão de usuários, contra mais de 24 milhões do concorrente. Porém, a empresa conseguiu duplicar a sua marca nos últimos três meses e está disposta a crescer no País, onde mais de 60 milhões de pessoas acessam a internet. Ele afirma que o Brasil é essencial no planejamento do Facebook. "O Brasil está entre os maiores países do mundo. Por isso precisamos fazer sucesso aqui. É essencial para cumprirmos a nossa missão", disse.

28 julho 2009

Serviços de mapas na web vão além da localização

Serviços de mapas on-line não são uma novidade. Pessoas buscam endereços e empresas tentam obter as melhores rotas na entrega de seus produtos. Atualmente o serviço mais popular é o Google Maps, mas existem outras opções no mercado, como o Apontador e o MapLink, Guia Mais. O G1 tem também um serviço de mapas, rotas e informações sobre o trânsito.

O site OndeEstou é um serviço que permite ao usuário dizer – literalmente – onde ele está. Com base nesta informação são levantadas diversas informações interessantes: quais outros usuários estão na mesma região, serviços como restaurantes e bares próximos, informações de clima, detalhes sobre o trânsito, fotos postadas nos principais serviços de compartilhamento de imagens.

Usando o Google Mapas é possível qualquer pessoa criar um mapa apontando localizações e compartilhar com outras pessoas. Basta ter uma conta Google e acessar o Google Mapas.

O Picasa, serviço de compartilhamento de fotos do Google, tem um jogo que mostra fotos enviadas por seus usuários e pede para que a pessoa identifique o lugar do mundo onde aquela foto foi tirada. Ao clicar no mapa sobre uma localidade, o site mostra a distância para o ponto exato da foto. Algumas fotos são de pessoas e do interior de residências, o que deixa praticamente impossível a identificação do local.

26 julho 2009

Cartão SD lidera a popularidade entre cartões de memória

Atualmente, o formato mais popular de cartões de memória para dispositivos portáteis é o do tipo SD (Secure Digital).

Desenvolvido em 1999 por Matsushita, SanDisk e Toshiba, o formato é hoje adotado por fabricantes de câmeras digitais como Casio, Canon, Nikon, Pentax, Kodak, Panasonic, Konica Minolta, Ricoh e Samsung.

Outras empresas, porém, seguem usando formatos próprios.

O caso mais célebre é o da Sony, que insiste em seu Memory Stick.

Já as câmeras da Olympus utilizam cartões xD. Mas, recentemente, a empresa lançou adaptadores que permitem o uso de microSD (cartão SD com dimensões reduzidas).

A Fujifilm, que apostava em seus próprios cartões do tipo SmartMedia, também migrou para o SD.

Hoje é comum encontrar leitores universais de cartões de memória, sejam eles embutidos no computador, sejam eles externos, conectados por USB.

Além de unificarem a salada de formatos, eles são úteis porque eliminam a necessidade de conectar o aparelho ao computador pelo cabo USB.

24 julho 2009

Governo cria programa de telefonia e banda larga rural

O Ministério das Comunicações deu nesta sexta-feira (24) o primeiro passo para a realização da licitação de licenças para operar serviço de telefonia e de internet banda larga na zona rural ao publicar, no Diário Oficial da União, uma portaria que institui o Programa Nacional de Telecomunicações Rurais.

Na terça-feira passada, o ministro das Comunicações, Hélio Costa, já havia antecipado o texto da portaria, determinado que os serviços comecem a ser prestados já no próximo ano.

Toda a área rural brasileira, onde vive cerca de 20% da população do país, deverá ter cobertura dos serviços em até cinco anos, de acordo com a portaria. O governo não marcou data para o leilão das licenças, mas a estimativa é de que a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) promova a licitação ainda neste ano.

Costa disse na terça-feira que a intenção do governo é a de cobrar menos pela licença e, em contrapartida, as empresas que vencerem o leilão terão de se comprometer a levar internet gratuita a todas as escolas públicas rurais da sua área de atuação enquanto durar o contrato. Ao todo, existem 90 mil escolas rurais no Brasil.

As licenças serão concedidas na frequência de 450 a 470 megahertz (MHz). De acordo com a portaria, as empresas deverão instalar infraestrutura que possibilite a oferta simultânea dos serviços de telefonia e de banda larga.

A portaria diz ainda que nas regras para a prestação dos serviços de telecomunicações rurais "deverão ser implementados mecanismos que assegurem a modicidade de preços e previstos planos de serviços pré-pagos."

Celular Jet promete mais rapidez para navegar e ver vídeos

O Samsung Jet chega ao Brasil na próxima semana. Anunciado no mês de junho no exterior, o smartphone conta com um processador de 800 MHz (contra 620 MHz do iPhone 3G S, por exemplo) e promete ser mais rápido para executar tarefas como navegar na web e mostrar vídeos.

O Jét tem tela de 3,1 polegadas sensível ao toque feita com tecnologia AMOLED, que a deixa mais brilhante e com menor consumo de energia. O aparelho permite dar zoom em telas da internet com apenas um dedo e abre até cinco sites ao mesmo tempo.

A interface touchscreen, chamada de TouchWiz 2.0, permite seu uso de acordo com movimentos do celular ¿ como mover para a direita e acionar o tocador de MP3, e traz atalhos para redes sociais - Facebook e YouTube, entre outros.

A câmera do Jet tem resolução de 5 megapixels, som com qualidade SRS e DNSe e o aparelho, que vem com GPS integrado, ainda reproduz vídeos em formatos populares na web, como DivX e XviD. O Jet vem com 2 GB de memória interna. Na Inglaterra, o Jét custa em torno de 320 libras (equivalente a pouco menos de R$ 1 mil).

08 julho 2009

Brasileiros vão poder tirar título de eleitor pela web

Os eleitores de todo o país poderão solicitar o título, pedir a transferência de domicílio e fazer a revisão de seus dados eleitorais pela internet a partir do fim de agosto.

A medida está prevista no cronograma de implantação do projeto Título Net do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Segundo o Tribunal, o novo sistema começou a ser implantado em Rondônia na última segunda-feira (6). Na Paraíba, a previsão é de que o projeto esteja operando na próxima semana. Ainda no mês de julho, o sistema deve ser implantado em São Paulo, no Paraná e no Distrito Federal.

Com o novo procedimento de solicitação de título de eleitor, o cidadão deverá preencher o formulário virtual no endereço eletrônico do TSE e depois comparecer a uma unidade de atendimento da Justiça Eleitoral com o documento de identificação e comprovante de residência, para efetivar o cadastro e retirar o título.

O projeto foi testado em caráter experimental pelos eleitores do Distrito Federal em 2008. Com o novo sistema, o TSE estima que o atendimento aos cidadãos será mais ágil e confiável.

01 julho 2009

Flickr ganha integração com Twitter

O Flickr, site de compartilhamento de fotos e vídeos do Yahoo, está integrado ao microblog Twitter. A partir desta terça-feira (30/6), os mais de 30 milhões de usuáiros do Flickr, no mundo todo, podem atualizar seus seguidores com 'twitts' contendo links diretos para imagens do serviço do Yahoo.

De acordo com o Yahoo Brasil, a integração entre Flickr e Twitter está disponível deste a tarde de hoje. A função também está disponível para celulares - ao se cadastrar-se no serviço, o usuário recebe um endereço de e-mail específico para twittar fotos do Flickr pelo dispositivo móvel.

Antes de usar o serviço, o internauta deve cadastrar seu perfil no Twitter em sua conta do Flickr. Conforme testou o IDG Now!, basta acessar uma foto, clicar no campo "Compartilhar" ("Share This") na lateral direita da página do Flickr, acessar o campo "Blogar" ("Blog it") e selecionar a opção Twitter.

Para quem possui mais de um perfil no Twitter, vale lembrar que o Flickr seleciona automaticamente o perfil ao qual o internauta está conectado no momento do cadastro. Se quiser modificar ou cancelar o registro do Twitter, o usuário deve acessar a página de sua conta ("Your Account") e a aba "Extending Flickr".

14 junho 2009

Firefox 3.5 permitirá edição de vídeos direto do navegador

A nova versão do navegador de código aberto Firefox vai permitir que as pessoas editem vídeos dentro do próprio navegador, sem a necessidade de usar uma aplicação de um terceiro.

Este novo recurso possibilitará que o browser se diferencia de seus concorrentes, afirmou Mike Beltzner, diretor do Firefox na Fundação Mozilla, organização que desenvolve o navegador de internet.

O Firefox 3.5, a nova versão do browser, está planejada para ser anunciada no final de junho

O software também terá a habilidade de rodar vídeos diretamente do browser, sem a necessidade de uma aplicação de visualização de um terceiro. O Firefox 3.5 também permitirá que outros elementos de uma página web interajam com o conteúdo de vídeo.

A nova versão do Firefox será duas vezes mais rápida para rodar aplicações Javascript, uma linguagem de programação criada pela Netscape em 1995, usada em muitas aplicações web.

Uma prévia do Firefox 3.5 está disponível para download. A Fundação Mozilla, no entanto, atrasou a versão “release candidate”, termo para designar que o software está quase pronto para ser lançado, em razão de falhas de última hora.

17 maio 2009

Eletrodo usa RFID para aliviar dor crônica

Um implante menor que um grão de arroz pode enviar sinais elétricos à espinha dorsal para tratar dores crônicas, como as provocadas por reumatismo, câncer ou inflamações em órgãos internos.

Cientistas do MicroTransponder, um instituto ligado à Universidade do Texas, nos Estados Unidos, estão desenvolvendo uma tecnologia que promete usar RFID (Identificação por Rádio Frequência) para energizar eletrodos minúsculos injetados nos pacientes.

Num procedimento que dura menos de 30 minutos, essas bolinhas azuis da figura acima são aplicadas próximas à espinha dorsal. Depois, um tipo de PDA é colocado perto da pele e manda ondas de rádio ao equipamento, que começa a gerar estímulos para minimizar dores.

Até recentemente, o principal impedimento para esse tipo de solução era a necessidade de usar baterias, tornando o eletrodo grande demais. Mesmo que fosse possível injetar o aparelho, haveria um grande problema na hora de trocar suas baterias.

O desenvolvimento dessa tecnologia está apenas no começo. Por enquanto, o instituto realiza testes com ratos. Os cientistas sabem que os animais estão com alguma dor quando eles não comem muito. Porém, ainda não foi possível detectar em qual proporção o sofrimento deles está sendo aliviado com o tratamento.

A maior dúvida é se a energia passada por ondas de rádio a eletrodos tão pequenos será suficiente para aliviar dores de humanos. A MicroTransponder pretende testar o equipamento em pessoas que têm aquele tradicional zumbido no ouvido.

08 maio 2009

Novo celular da Nokia permite 8 horas de conversa

A Nokia anunciou o E52, seu novo aparelho da linha E-Series que como principal chamariz traz o rendimento de sua bateria, capaz de prover até 8 horas de conversa.

De acordo com o site TechRadar, em modo de espera a bateria pode chegar a até 29 dias. As marcas são impressionantes, se lembrarmos que os primeiros celulares analógicos no Brasil atingiam de 6 a 8 horas em modo de espera e, para conversas, mal chegavam a 40 minutos.

O aparelho, de apenas 9,9mm de espessura, traz tela de 2,4 polegadas, funcionalidade GPS, conectividade WiFi e Bluetooth, câmera de 3,2 megapixels com flash, recurso para cancelamento de ruídos, além de VPN portátil e suporte a POP e IMAP.

O E52 virá equipado ainda com um cartão microSD de 1 GB e oferecerá aos seus usuários um período de testes de 60 dias para a rede online Ovi, que permite sincronizar notas, eventos e contatos.

O telefone econômico deve chegar ao mercado europeu no segundo semestre por aproximadamente US$ 325, noticiou o blog Crave, hospedado pela CNet.

03 maio 2009

Conexão 3G sofre com limites das operadoras e instabilidade

Muita gente fica de boca aberta ao ver propagandas na televisão em que garotos e garotas se conectam à internet de qualquer lugar, plugando um modem pequeno na entrada USB do notebook. Isso é uma realidade, mas nem tudo é tão rápido e simples quanto parece.

Basta mesmo plugar o modem que usa um chip de celular 3G e, com poucas configurações, você já está conectado. O que pouca gente sabe é que, assim como as conexões ADSL ou de cabo, o 3G também está sujeito à instabilidade da banda.

E sofre interferências extras - pode se perder, por exemplo, se você estiver em um carro em movimento.

"Por enquanto ainda é tranquilo navegar porque a contratação desse serviço é razoavelmente pequena, mas as células 3G têm uma capacidade limitada. Se não forem feitos investimentos, ela logo estará sobrecarregada e lenta", afirma Demi Getschko, diretor-presidente do NIC.br.

Existem diferentes planos para modems 3G, mas, levando-se em consideração o plano mais comum, de 1 Mbps, se as operadoras só se comprometem a entregar uma velocidade mínima de 10%, pode ser que, dependendo do horário e da região, alguns usuários acabem navegando a 128 Kbps.

Outro ponto é que existe uma quantidade máxima de dados que podem ser baixados sem penalização. A franquia de um plano de 1 Mbps pode ser, por exemplo, de 1 Gbyte. Ultrapassado esse limite, a operadora passa a lhe oferecer apenas 128 Kbps de velocidade. Para quem está acostumado a baixar músicas e filmes, bastam poucos dias para que isso aconteça.

Além disso, a cobertura ainda não está disponível em todos os lugares do país e a qualidade de navegação depende muito de qual é a distância entre o modem e o local de transmissão do sinal.

Assim, se você entra em uma área onde não existe cobertura 3G, é jogado para a navegação GPRS/EDGE, a mesma de celulares da segunda geração. Outra dificuldade percebida pelos novos usuários de modem 3G é que, se você estiver em movimento, a velocidade cai pela metade ou, nos piores casos, se perde, obrigando o usuário a fazer uma nova conexão.

21 abril 2009

Bluetooth 3.0 vai ser mais rápido. E só, por enquanto

O Bluetooth SIG anunciou oficialmente hoje (21) as especificações da nova geração da tecnologia de transmissão de dados entre aparelhos, chamada de Bluetooth 3.0 + HS. O grupo que desenvolve a tecnologia, em sua reunião anual, em Tokyo, apresentou a sua única, porém essencial, inovação: o aumento de velocidade.

Atualmente, na versão 2.0, o Bluetooth atinge no máximo a velocidade de 3 Mbps. No Bluetooth 3.0, vai chegar a 24 Mbps. Ou seja, uma música de aproximadamente cinco minutos em uma qualidade de 128 kbps que demorava cerca de 13 segundos para ser transmitida do computador para o celular, demorará menos de dois segundos.

Para músicas, imagens e outros arquivos pequenos, a diferença não será muito grande. Segundo Michael Foley, diretor executivo do Bluetooth SIG, o 3.0 + HS (o HS é de High Speed, "alta velocidade" em inglês), "nasceu para ser rápido" e, sua aplicação agora será voltada também para vídeos em alta definição, impressões, grande quantidade de músicas e todas essas coisas que ocupam mais espaço.

Os aparelhos que vierem com a nova geração do Bluetooth —segundo o grupo, num prazo entre nove e nove e 12 meses—, podem não ser mais apenas telefones e caixas de som, apenas, mas uma infinidade de gadgets que hoje utilizam cartões de memória, como câmeras fotográficas e filmadoras digitais, televisões —para a transmissão de vídeos HD, em alta definição— e impressoras.

A velocidade que o Bluetooth 3.0 atinge vem da tecnologia 802.11, a mesma utilizada em roteadores de Wi-Fi, por isso o salto dna rapidez. Mesmo assim, a velocidade é baixa —rumores alardeavam algo entre 53 e 480 Mbit/s.

Outro problema ainda é o alto gasto de energia. Embora a nova tecnologia já diminua o consumo, algo essencial para os aparelhos portáteis, ainda é alto se comparado ao USB, por exemplo. Mas Foley já se adianta dizendo que até o fim do ano eles devem soltar mais algum anúncio, já que o desenvolvimento de um Bluetooth menos gastador está já em andamento.

O futuro da TV

Do início das transmissões, em meados dos anos 20, à consagração dos grandes cubos como o meio de comunicação mais poderoso, a televisão foi capaz de fazer o mundo parar em frente à sua tela. Lançou modas, derrubou políticos e influenciou comportamentos.
Agora é a vez de ela correr atrás do espectador. Sites como o YouTube, o Justin.tv ou o Ustream.tv impulsionaram esse novo jeito de assistir televisão. As vantagens são sedutoras. Perdeu seu programa favorito? Tudo bem, você pode assistir à reprise no portal da emissora. Quer ver uma comédia ou o jornal no celular enquanto se desloca de metrô? É possível também, já que as principais operadoras do país oferecem sinal digital para aparelhos 3G, tecnologia que possibilita a transmissão de dados em alta velocidade. Quer conferir aquele filme clássico do Chaplin mas está com preguiça de ir até a locadora? Entre no Joost. A qualidade dos programas cansa? Produza seu próprio conteúdo com o aplicativo Qik, que transmite ao vivo as imagens captadas pela câmera do aparelho. Você já tem um iPhone? Então por que não instalar o software Orb e acompanhar a programação dos canais abertos?
"Todas essas mídias são complementares", diz Alexandre Cardoso, diretor de marketing do portal Terra, primeira empresa brasileira a montar estúdios exclusivamente para a produção de vídeos para a web. Hoje, o Terra TV recebe cerca de 6 milhões de visitas únicas por mês e tem um acervo de 90 mil vídeos e 200 canais, incluindo episódios das temporadas atuais de seriados badalados, como Desperate Housewives e Grey's Anatomy.
A audiência atinge picos em eventos especiais. Na Olimpíada de Pequim, por exemplo, 15 milhões de pessoas acessaram os 13 canais que transmitiam as competições simultaneamente. No mês passado, o canal AXN estreou no Brasil a quinta temporada de Lost. No site do Terra, o episódio é colocado no ar imediatamente após a exibição na televisão e fica disponível na página durante uma semana.
O mesmo ocorre com a TV UOL, que tem parcerias com MTV, Band News, Discovery e Cultura. O endereço conta com 95 mil vídeos no acervo. O portal Globo.com é outro exemplo. Com um cardápio de 190 mil vídeos, entre novelas, programas e o acervo de raridades da emissora, a cada mês são incluídas 17 mil novas produções. Um dos maiores atrativos para os seus 24 milhões de visitantes únicos mensais é o conteúdo da nona edição do reality show Big Brother Brasil. Segundo Julio Preuss, gerente de inteligência da empresa, esse tipo de evento aumenta os acessos de sites que trazem notícias e vídeos sem prejudicar a audiência da TV.

19 abril 2009

Download da hora

Crie capas e rótulos de CDs e DVDs com o Easy CD & DVD Cover Creator



Precisa elaborar uma capa de CD? Gravou um filme do evento em DVD e quer manter a filmoteca da empresa impecável? O Easy CD & DVD Cover Creator dá uma boa ajuda. Com sua interface simples, você não tem muitas dúvidas de como proceder. O programa permite a criação de capas para caixas de CDs e DVDs de dois tipos: tanto as de tamanho padrão como aquelas mais fininhas. Para quem não tem muita ideia do que fazer o programa oferece modelos prontos. Mas a melhor saída é usar suas próprias imagens. Nesse caso, é possível usar uma única foto ou ilustração ou duas, uma para a parte frontal e outra para o verso da caixa. Depois é só escrever os textos da lombada e das outras duas áreas. Nesse ponto, no entanto, o programa peca pela falta de recursos. Se puder, acrescenta essas informações sobre a foto com a ajuda de outro programa gráfico.

Baixe o Easy CD & DVD Cover Creator no Download INFO.

18 abril 2009

Anatel cobra mais qualidade das operadoras

SÃO PAULO - Em reunião com os presidentes de operadoras nesta sexta-feira, o órgão regulador do setor de telecomunicações brasileiro exigiu mais qualidade do serviço de telefonia celular.

O Sistema de Coleta de Informações (SICI) da Anatel detectou, em março deste ano, 1.352 interrupções no serviço, número 35 por cento maior que em janeiro de 2007, quando elas foram de 998 casos.

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) quer, com isso, reduzir os índices de interrupções e reclamações quanto à qualidade do serviço, segundo nota à imprensa.

Para isso, a Superintendência de Serviços Privados (SPV) vai identificar os problemas de cada operadora para encontrar uma solução planejada, disse a agência. Também serão criados grupos de trabalho para estabelecer medidas de curto prazo e ações preventivas.

Entre os principais problemas detectados pela Anatel no serviço celular estão dificuldades de conexão, quedas de ligações e mau atendimento aos usuários.

De acordo com o comunicado, outro indicador que preocupa a agência é o que avalia a quantidade de falhas e defeitos. Segundo o sistema, entre 2007 e 2008 foram mais de 1.700 falhas e defeitos com tempo de recuperação superior a 48 horas, o que significa que diversas áreas ficaram sem o serviço por mais de dois dias, destacou a Anatel.



17 abril 2009

Yahoo e Microsoft estão próximas de acordo sobre buscas

SAN FRANCISCO - Faz mais de um ano que a oferta não solicitada da Microsoft pela aquisição do Yahoo terminou de maneira acrimoniosa.

Agora, as duas empresas voltaram a conversar, com uma agenda menos contenciosa. Planejam formar uma parceria para buscas na Internet, e não promover uma fusão.

Os analistas dizem que utilizar os ativos de busca do Yahoo representa a melhor esperança da Microsoft para reverter a situação de seus deficitários negócios online e para desafiar a posição dominante e cada vez mais forte do Google no mercado de buscas dos Estados Unidos.

Mas entregar seus serviços de buscas à Microsoft seria uma decisão de risco para o Yahoo, que cederia uma porção que se acredita lucrativa e cada vez mais importante de seus negócios online. Os dados de busca são usados com cada vez mais frequência para exibir publicidade direcionada aos internautas.

"Ninguém deixa de lado suas operações de buscas a não ser que exista um número absurdamente alto na mesa", disse Ross Sandler, analista da RBC Capital Markets.

A presidente-executiva do Yahoo, Carol Bartz, e o presidente-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, recentemente discutiram diversas parcerias, por exemplo o controle da Microsoft sobre os negócios de publicidade vinculada a buscas do Yahoo, enquanto o Yahoo controlaria a publicidade em formato convencional nos sites da Microsoft, de acordo com uma fonte familiarizada com a situação.

Qualquer transação teria de ser mais atraente do que a proposta intermediada sem sucesso pelo investidor Carl Icahn, em julho, depois da oferta fracassada de 47,5 bilhões de dólares que a Microsoft apresentou pela aquisição do Yahoo, diz Sandler.

O plano de Icahn envolvia apenas o serviços de buscas, e a Microsoft estava disposta a pagar um bilhão de dólares de imediato pelos ativos do Yahoo, e mais 2,3 bilhões de dólares anuais em receita garantida por um prazo de cinco anos.

Microsoft e Yahoo perderam cada qual ao menos um por cento do mercado de buscas dos EUA desde que começaram a discutir uma fusão, em fevereiro de 2008. O Google ampliou sua vantagem de 59,2 por cento em fevereiro de 2008 para 63,7 por cento em março de 2009, de acordo com a comScore.

Youtube fecha acordo com estúdios de Hollywood

da Folha Online

O site de vídeos YouTube fechou contrato com a Sony e outros estúdios de Hollywood para distribuição de conteúdo protegido por direitos autorais. A informação foi confirmada oficialmente pelos executivos do canal de vídeos na noite de quinta-feira (16).

Entre as parcerias já confirmadas, estão Anime Network, Shout Factory, Telenext Media, Documentary Channel e First Look Studios. O blog TechCrunch informa que nomes como MGM, CBS, Lionsgate, Starz e a BBC estão em negociação com o YouTube. O Lionsgate já mantém um acordo para exibição de clipes de longa-metragem no YouTube, enquanto a MGM é um dos poucos estúdios a ter um canal no portal de vídeos.

"Estamos em negociações ativas com provedores de conteúdo exclusivos, e esperamos anunciar mais parceiros em um futuro próximo", disse o porta-voz do YouTube, Chris Dale.

O movimento aponta para os esforços do Google, cujos objetivos se centralizam na atração de maior número de anunciantes e propagandas, dentro do molde já incorporado pelo Hulu.

Em um post no blog oficial do YouTube, há o anúncio de uma nova destinação para programas de televisão, e uma nova página para filmes --no entanto, sem qualquer detalhe como isso se desenvolveria.

Isso representa também um "aquecimento" na fria relação entre o YouTube e Hollywood, que havia criticado o site no passado, pela veiculação de conteúdo protegido por direitos autorais.

O anúncio da parceria vem como uma resposta do YouTube ao crescimento do Hulu, que representa uma ameaça ao portal de vídeos do Google. "Diferentemente do YouTube, o Hulu mantêm vídeos com conteúdo autorizado --como apresentações da NBC, Fox e outras. E também possui ótima tecnologia --uma interface limpa e de manuseio simples, e uma ferramenta de buscas inteligente. Atualmente, apenas um ano depois do seu lançamento, o Hulu ganhou vantagem", afirmou Daniel Lyons, colunista de tecnologia da revista Newsweek.

Ele se refere aos números: de acordo com a empresa de estatísticas Screen Digest, o Hulu atrai um número distante de visitantes mensais em relação ao YouTube (são milhões contra 89,5 milhões, respectivamente). No entanto, em termos financeiros, "o Hulu está se saindo melhor", disse.

Embora nenhuma das companhias tenha confirmado as estimativas, a Screen Digest diz que o Hulu teve US$ 65 milhões de investimentos com propagandas nos EUA, dos quais US$ 12 milhões se converteram em lucro líquido. O YouTube gerou US$ 114 milhões --mas sem nenhum lucro.

16 abril 2009

Anatel aprova fim da cobrança do ponto extra na TV paga

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) decidiu nesta quinta-feira proibir a cobrança pelo ponto extra da TV por assinatura. Depois de mais de 10 meses de discussão, a agência entendeu que as operadoras podem cobrar apenas pela instalação e manutenção do equipamento, mas não podem efetuar uma cobrança mensal pelo serviço.

As empresas terão que especificar na conta o que está sendo cobrado. A operadora poderá dividir, por 8 meses, por exemplo, os custos da instalação, mas não poderá cobrar mensalmente pelo ponto extra. De acordo com a Anatel, o custo das empresas com instalação do ponto extra é de cerca de R$ 400.

De acordo com o presidente da Anatel, Ronaldo Sardenberg, as empresas não poderão continuar cobrando pelo serviço a partir da publicação da decisão no "Diário Oficial" e não poderão cobrar pela instalação dos pontos extra que já estão instalados.

Sardenberg disse ainda que a Anatel vai controlar aumentos abusivos nos serviços de televisão por assinatura que possam ocorrer para compensar a gratuidade do ponto extra. "É uma estrutura competitiva, o que nós queremos é aumentar a competição. Vamos acompanhar para em cada caso verificar se há abuso."

15 abril 2009

Oi começa a desbloquear modem de internet 3G de graça

FELIPE MAIA
da Folha Online

A Oi começou a realizar nesta semana o desbloqueio gratuito de minimodens usados para conexão à internet móvel por rede 3G, seguindo uma estratégia que já usa para os celulares. Com isso, a operadora consegue "fisgar" clientes de outras empresas sem que o consumidor tenha de pagar por um novo aparelho.

O desbloqueio estará disponível em lojas da Oi no Nordeste e parte do Norte e Sudeste. No Estado de São Paulo, onde três lojas realizarão o procedimento, a operadora ainda não oferece conexão por 3G para pessoas físicas --há planos de lançar o serviço, mas ainda não há previsão para que isso ocorra.

De acordo com a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), o desbloqueio dos minimodens segue a mesma regra usada para os celulares.

Segundo as diretrizes que entraram em vigor no ano passado, as operadoras podem vender aparelhos bloqueados quando oferecerem benefícios ao usuário na compra do aparelho. O bloqueio não pode durar mais que um ano.

A Oi empreende uma campanha publicitária agressiva a respeito do assunto, causando inclusive brigas judiciais. No ano passado, a Claro chegou a obter na Justiça uma liminar que proibia a Oi de veicular uma campanha que supostamente incentivava a realização do procedimento em celulares.

Em nota, a Claro afirma que "todos os modems e aparelhos que comercializa hoje são passíveis de desbloqueio". A empresa também informa que oferece o serviço Claro Teste, em que o usuário que tiver um modem 3G compatível com sua rede pode aderir a um plano da operadora sem precisar ficar preso a um contrato de fidelização. TIM e Vivo não comentaram o assunto.

11 abril 2009

Baixe vídeos do YouTube com o VDownloader

"O VDownloader é um programinha que grava os vídeos do YouTube no disco rígido do PC. Ele faz essa operação com apenas um clique e funciona também com outros serviços de vídeo da internet, como o Google Video, o Metacafe, o MySpace e o DailyMotion. É a salvação de quem deseja gravar os vídeos exibidos por esses serviços.

O software quebra outros dois galhos para o internauta. Ele transforma os vídeos desses serviços, armazenados no formato FLV, e os converte em formatos comuns de vídeo, como AVI, MPG, VCD, entre outros. Assim, fica mais fácil abri-los nos programas de vídeo do PC. Também faz pesquisas de vídeos e permite que o internauta, além de salvá-los, os compartilhe das redes sociais Tuenti, Orkut e Facebook.

Um dos maiores atrativos dessa versão do programa é que ele tem recursos para salvar os vídeos do YouTube, por exemplo, em formatos compatíveis para o PSP e o para o iPod. VDownloader também adapta o vídeo para o tamanho da tela desses dois equipamentos.

O software tem incorporado um pequeno browser. Ele é bem simples e serve, basicamente, para buscar e salvar os vídeos com mais facilidade.

Baixe o VDownloader no Download INFO."

Universal e YouTube lançarão site de clipes na internet

"A Universal, filial da francesa Vivendi, e o Google, proprietário do YouTube, anunciaram que o novo site, que se chamará Vevo, será lançado nos próximos meses.

As partes também indicaram que renovaram o acordo que permite a usuários do YouTube utilizarem músicas de artistas da Universal em clipes gerados por eles. Não foram divulgados os detalhes da negociação.

Os dois compartilharão os ganhos com publicidade do Vevo.com, e a tecnologia para o empreendimento será fornecida pelo Google.

Os clips musicais são os mais populares no YouTube, adquirido por Google por US$ 1,65 bilhão em outubro de 2006."

Microsoft e Yahoo! retomam negociações sobre parceria

"A Microsoft Corp e o Yahoo! retomaram as negociações sobre uma parceria na área de instrumento de busca na internet e publicidade, segundo uma fonte próxima a questão citada pelo Wall Street Journal. O executivo-chefe do Yahoo!, Carol Bartz, e seu colega da Microsoft, Steve Ballmer, se reuniram na semana passada como parte das discussões. As fontes ouvidas pelo Journal disseram que ainda não está claro se as companhias vão alcançar um acordo.

O porta-voz do Yahoo!, que tem sede em Sunnyvale (Califórnia), e o da Microsoft, que fica em Redmond (Washington), não quiseram comentar o assunto.

As renovadas negociações entre a Microsoft e o Yahoo! são um exemplo de um aumento nas discussões de acordos no Vale do Silício após uma calmaria induzida pela recessão. Muitas companhias - particularmente no segmento de internet - estão mudando seu foco de aquisições para parcerias menores. Acordos como aqueles que estão sendo discutidos pelo Yahoo! e a Microsoft podem ajudar as companhias a obterem mais visitas e anunciantes enquanto assimilam novas tecnologias.

A Microsoft e o Yahoo!, de acordo com uma fonte, também estão discutindo acordos de partilha de conteúdo com a Demand Media, que opera sites nichos na internet e publica artigos e vídeos sobre tópicos específicos. O Yahoo vende anúncios para o Demand Media e tem mantido discussões sobre uma parceria mais profunda há meses. As negociações entre a Demand e a Microsoft esquentaram recentemente, segundo essa fonte. O Yahoo! e a Microsoft declinaram em comentar a questão.

O Yahoo! e a Microsoft - que buscam competir melhor contra o Google - vêm ponderando sobre uma aliança há mais de um ano. No início de 2008, a Microsoft tentou comprar o Yahoo!, mas sua oferta não solicitada de US$ 44,6 bilhões foi rejeitada. A companhia de software tentou adquirir apenas o negócio de busca na internet do Yahoo!, que é o segundo mais usado atrás do Google, mas sua oferta foi novamente rejeitada.

Ballmer tem mantido a ideia de um acordo viva ao declarar recentemente seu desejo de fechar um pacto mais estreito com o Yahoo!, incluindo uma possível aquisição do mecanismo de busca.

Bartz, que se tornou CEO do Yahoo! em janeiro, tem mantido aberto a possibilidade de acordo com a Microsoft, segundo uma fonte, mas as companhias têm esforçado para chegar a um acordo e ampliaram as negociações para incluir uma variedade de possíveis parcerias e acordos de partilha de anúncios.

Nas últimas semanas, Yahoo! e Microsoft ainda estavam discutindo um acordo no qual a primeira terceirizaria seu mecanismo de busca na internet para a Microsoft para cortar custos, segundo uma fonte. Mas as negociações também incluem cenários mais limitados, tais como um acordo no qual o Yahoo! venderia alguns anúncios no site da Microsoft, enquanto a Microsoft venderia anúncios próximos aos resultados de busca do Yahoo!."

05 abril 2009

Aprovada Internet Elétrica: O que vai mudar?

O Conselho Diretor da Anatel aprovou o acesso à internet banda larga por meio da rede elétrica. Seja como for, as empresas já estão autorizadas a requerer concessão para a prestação do serviço, embora ainda exista uma consulta pública Aneel sobre o assunto (o qual aconselha as empresas a esperar). Muitos pregam a BPL como “um grande passo à inclusão digital”. Será? Se considerarmos que a energia chega onde não chega a telefonia, com certeza, sim!

Se considerarmos também que muitos consumidores estão descontentes com as prestadores de banda larga no brasil, também…

Mas o que muda? Será o fim da Internet por cabo ou telefone? Os preços cairão? Riscos da migração para a Internet via eletricidade? Impostos?

São questões ainda irrespondíveis, ou não? O que vocês pensam? Migrariam numa boa para a BPL?

Mais informações em http://www.anatel.gov.br/Portal/exibirPortalInternet.do

04 abril 2009

Saiba como proteger o seu pendrive de vírus e outras ameaças

A inserção de um pendrive em uma porta USB do computador abre espaço para ataques de vírus e outras ameaças. Com um antivírus, é possível diminuir ou eliminar esse problema.

Mas é possível que o pendrive fique imune a softwares maliciosos: basta usar o programa Panda USB and AutoRun Vaccine.

Ele desativa todas as tarefas e arquivos que rodam automaticamente quando o dispositivo é inserido no computador - caso de arquivos de inicialização do tipo "autorun.inf".

Esse tipo de arquivo executa programas que podem danificar o seu sistema operacional a cada vez que um pendrive ou CD são inseridos no computador.

O programa também permite vacinar o computador, a fim de que ele não execute nenhuma das ações automáticas dos arquivos "autorun.inf", sejam eles provenientes de pendrives, CDs ou DVDs.

O software não exige instalação, e roda em versões de sistema operacional a partir do Windows XP.

30 março 2009

Novo roteador permite mais velocidade

Os roteadores e a maioria dos equipamentos wireless, atualmente, usam a especificação 802.11. Esse padrão foi adotado em 1999 por um consórcio de empresas para facilitar a compatibilidade.

A organização adotou o nome Wi-Fi, que acabou virando um sinônimo para redes sem fios.

Um sistema de letras identifica os avanços tecnológicos no Wi-Fi. O B, primeiro a se popularizar, tem velocidade de 11 Mbps, com 30 metros de alcance em média.

O padrão G, mais utilizado atualmente, tem velocidade de 54 Mbps (valor que dobra para 108 Mbps no caso do super G) e alcance médio de 150 metros.

O padrão mais avançado é o N, lançado em 2007. A velocidade passa para 300 Mbps. Em alguns roteadores o sinal chega até os 500 metros.

Os padrões mais avançados são compatíveis com os anteriores, mas não basta trocar o roteador: o aparelho que vai acessar a rede sem fio deve ser compatível com o padrão N para que ele usufrua de toda a capacidade.

A velocidade extra, porém, é praticamente irrelevante quando se trata da conexão com a internet, já que os planos residenciais geralmente não passam dos 12 Mbps.

Optar por roteadores de padrão N, portanto, vale mais a pena se o problema for mesmo a distância do sinal.

Também é válido se o objetivo for aumentar a velocidade da rede sem fio para melhorar a troca de dados entre computadores ou transmitir conteúdo do computador para uma TV, por exemplo.

28 março 2009

Empresas inovam para equipar aparelhos portáteis

A armadura é pequena, mas a luta é de gente grande -e por um reino muito próspero. Neste ano, deve esquentar a disputa para ver quais empresas darão poder aos netbooks, aos MIDs e aos smartphones.

O primeiro segmento de mercado não deve ser afetado pela crise. Pelo contrário: as vendas desses computadores pequenos e relativamente baratos devem crescer 80% neste ano, de acordo com a consultoria Gartner.

O mercado de smartphones não deve ir tão bem, mas ainda assim as vendas devem crescer e se transformar no carro-chefe da indústria de celular.

Netbooks emergem

Os processadores Intel Atom apareceram em 2008 e deram cara à categoria dos netbooks. Mas eles estão disponíveis também para telefones, eletrônicos de consumo, automação industrial e até carros.

Para Américo Tomé, gerente de novas tecnologias da Intel, o Atom supre as principais demandas do usuário de netbook: tamanho menor, mobilidade e baixo consumo de energia. "O dispositivo adequado para quem quer alto poder de processamento é um notebook tradicional", diz Tomé.

Caixinha

Já Richard Cameron, gerente-geral da Nvidia Brasil, diz que os netbooks atuais "são computadores de cinco anos atrás em uma caixinha pequena". "Eles acessam a internet e mensagens apenas. E não são tão baratos.

Com a Tegra, queremos um dispositivo de acesso a internet (MID) por menos de US$ 99", diz Cameron sobre o produto, desenvolvido pela empresa, que conta com placa de vídeo e processador ARM -líder no segmento de smartphones- em um mesmo corpo "do tamanho de uma moeda".

Durante o Congresso Mundial de Mobilidade, em fevereiro deste ano, em Barcelona, a Nvidia anunciou que a Tegra é compatível com o Android, sistema desenvolvido por um consórcio que tem o Google como líder. Além disso, a Tegra é compatível com Windows CE.

Por enquanto, não há produtos sendo desenvolvido com a dupla Atom/Android; o chip, porém, é compatível com o sistema Linux.

Acesso à internet

"A Tegra vai possibilitar MIDs com acesso à internet, vídeo de alta definição e baixo consumo de energia com um preço tão pequeno que esperamos que as operadoras de celular incluam o aparelho de graça em certos planos, como já acontece com celulares", diz Cameron.

Mercado brasileiro

Segundo ele, ainda neste ano "veremos um aparelho com a Tegra. E no mercado brasileiro". "A Tegra é a convergência entre os mundos da informática, pelo poder de processamento, e da telecomunicação, pela conectividade com redes 3G, internet etc." afirma Cameron.

Convergência

Sadek Absi, gerente de produtos da Intel América Latina, também destaca essa convergência nos produtos com Atom. "O que o usuário quer, a grande inovação e o conteúdo estão na internet. As pessoas desejam levar a experiência do PC para o bolso. Esse é o grande problema dos aparelhos com ARM. Eles têm dificuldades em tocar Flash, em mostrar os sites corretamente. A internet roda muito melhor na arquitetura Intel. É muito mais rápido desenvolver aplicações para a arquitetura X86 da Intel, que é estabelecida."

Já o gerente-geral da Nvidia diz que, para o usuário, a marca do processador não interessa. Quanto às aplicações disponíveis, ele diz que a Nvidia busca "a plataforma mais aberta possível" e investe no "ecossistema de desenvolvimento e aplicações". "A Tegra tem muito poder de processamento gráfico. Hoje nossas atividades são visuais, com mapa, vídeo, foto."

27 março 2009

Bancos são proibidos de cobrar por boleto

As instituições financeiras estão proibidas de cobrar do cliente despesas com a emissão de boletos e carnês bancários. A decisão é do Conselho Monetário Nacional (CMN) e vale para operações de crédito e leasing. Para os financiamentos atuais, a cobrança continua.

A justiça já vinha proibindo bancos de cobrar pela emissão. As tarifas hoje são uma das maiores fontes de lucro dos bancos, se igualando aos altos juros. Muitas vezes, o cliente não sabe nem o que está pagando. Há banco, por exemplo, que oferece contas que eles chamam de especiais, mas de especiais só têm mesmo a tarifa mensal cobrada, normalmente mais elevada do que as convencionais. Para o cliente é só despesa, porque oferecem serviços que ele jamais vai utilizar.

A proibição segue o Código de Defesa do Consumidor (CDC), uma vez que a justiça entende que bancos e clientes têm uma relação de consumo. De acordo com o Banco Central, o CMN entendeu que quem deve ficar responsável pelo pagamento é a entidade que contrata a instituição financeira, não o cliente.

Com a mudança, as financeiras que contratavam um banco para emitir um carnê não podem mais repassar o custo dos boletos ao consumidor. O banco continuará a receber pelo serviço, mas a financeira terá que assumir o pagamento. De acordo com o Ibedec, a prática é vedada pelo CDC. O artigo 51, inciso XII, declara nulas as cláusulas contratuais que transfiram ao consumidor o custo pela cobrança da dívida.

Os financiamentos imobiliários concedidos pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), porém, não são abrangidos pela norma e os bancos poderão cobrar até R$ 25 por boleto.

O conselho ainda reiterou que os atendentes dos bancos não podem impedir que o cliente seja atendido no guichê de caixa, mesmo que a operação também possa ser feita em terminais eletrônicos. As instituições financeiras também ficaram proibidas de adiar saques até R$ 5 mil para o dia útil seguinte.

22 março 2009

Dez segundos e... celular carregado!

Demorou, mas vale o registro da novidade que, quando chegar às nossas vidas, será uma benção, não tenho dúvidas. Repercutiu bastante um artigo da conceituada Revista 'Nature', que apresenta uma nova bateria à base de lítio capaz de carregar aparelhos pequenos, do porte de celulares, em apenas dez segundos.

A bateria é capaz de armazenar e gerar maior quantidade de energia do que as usadas hoje. A novidade, desenvolvida por Byoungwoo Kang e Gerbrand Ceder, dois cientistas do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), deve chegar às lojas em alguns anos.

As baterias de lítio usadas hoje têm baixo nível de potência em determinados momentos nos quais é necessária uma carga extra. Isso se deve à lentidão com a qual os íons e elétrons do lítio circulam.

11 março 2009

Uau, São Pedro hoje foi muito generoso! Choveu torrencialmente por quase uma hora em Rio Verde!

Netbooks crescem em vendas e capacidade

Quando a Asus apresentou a primeira versão do netbook Eee PC, em junho de 2007, ele tinha tela de 7 polegadas, 512 Mb de memória e disco rígido de até 4 Gb.

Na Cebit 2009, menos de dois anos depois, a empresa mostrou modelos com o dobro da memória e disco quarenta vezes maior - e disse que aquele tamanho de tela "está condenado à morte", segundo executivos.

Esse é um exemplo da evolução desses computadores ultraportáteis, que executam tarefas básicas e oferecem tamanho, peso e custos reduzidos.

Segundo previsão do instituto Gartner, as vendas desses computadores devem chegar a 21 milhões de unidades neste ano, uma alta de quase 80% em relação a 2008.

Com isso, a comercialização de computadores móveis deve aumentar 9% - sem os netbooks, esse índice seria de 2,7% neste ano.

Em contrapartida, por serem mais baratas, essas máquinas estão achatando os lucros de empresas do setor.

O movimento agora é para melhorar o desempenho dos netbooks, para alcançar também um público mais exigente e que aceite pagar um pouco mais.

O preço médio de um netbook com tela de 8,9 polegadas, Windows XP e 10 Gb de disco rígido fica em torno dos US$ 450 (R$ 1.070) nos EUA. Nas configurações mais básicas, o valor cai para US$ 300 (R$ 690).

10 março 2009

Educadores Antenados

Conhecer e respeitar outras formas de aprender. É essa a dica do projeto Minha Vida Mobile (MVMOB) para estudantes e educadores que desejam aplicar o celular nas escolas. Para compreender o projeto na prática, nada melhor do que escutar quem já está participando.
“A visão dos professores é de que o celular só serve para comunicar, mas ele pode ser um recurso muito bom para os alunos”, conta Lucione Soares, professora da Escola Municipal Antônio Faustino da Silva, em Juiz de Fora (MG).
Lucione conta que a sua escola tem acesso restrito às novas tecnologias. Porém, eles procuram levar novos recursos, como as oficinas promovidas pelo MVMOB, que facilitem o aprendizado. “Dessa forma, não nos limitamos aos métodos tradicionais de ensino”, diz.
Por indicação da professora e mestranda paulistana Savina Allodi, o projeto MVMOB ganhou destaque durante a apresentação de trabalhos de mestrado em EduComunicação, na ECA - Escola de Comunicação e Arte da USP – Universidade de São Paulo.
Savina trabalha com o uso de mídias e tecnologia na educação e concorda que o aprendizado não deve se limitar ao conteúdo do livro ou de uma aula expositiva do professor. “Existem outras formas de sentir, de perceber o mundo. O celular é uma mídia móvel, que integra várias outras mídias, e propicia novas formas de expressão para o aluno”, acredita Savina.
Se há uma lição que podemos aprender com tudo isso é que a lógica da sociedade em rede provoca enormes mudanças nas estruturas tradicionais de aprendizado. E vamos combinar: a produção de conteúdo e de materiais diferenciados estimula discussões riquíssimas dentro da escola.
Uma boa mostra do trabalho já pode ser conferida na webcomunidade http://www.mvmob.com.br/

09 março 2009

Hoje é o amanhã que tanto nos preocupava ontem!

04 março 2009

Nokia inicia fabricação da linha NSeries no Brasil

A Nokia anunciou que começará a produzir aparelhos da linha NSeries no Brasil. O modelo N85, lançado em agosto de 2008 na Europa, chega ao mercado com produção local, na fábrica de Manaus.

O telefone tem como principais características a tela OLED de 2,6” , a câmera de 5 megapixels e o cartão de memória de 8GB que o acompanha. O N85 conta ainda com GPS integrado com Nokia Mapas 2.0, vídeo de alta qualidade (30 quadros por segundo), transmissor FM, geotagging (que permite a marcação geográfica das fotos e vídeos produzidos), Wi-Fi/WLAN e bluetooth A2DP, entre outras características.

O equipamento deve chegar ao mercado este mês na Nokia Store SP, na loja virtual e na loja da Claro. A fabricante informa que o preço será de R$ 1.699.

Kingston lança microcartão de memória com 16GB, voltado para celulares

O Globo
O fabricante de memórias Kingston anunciou hoje um novo cartão de memória flash (MicroSDHC) com capacidade de 16 Gb para armazenamento de informações. Segundo a empresa, o aumento de funções nos telefones celulares cria uma demanda de espaço cada vez maior, para fotos, vídeos e músicas, daí o novo cartão. De acordo com dados da Kingston, será possível armazenar no cartão aproximadamente 3 mil músicas (de até 4Mb), 8 mil imagens no formato JPEG com 5 megapixels e 16 horas de vídeo. O cartão MicroSDHC é suportado por modelos de celulares de Nokia, Motorola, LG e SonyEricsson

14 fevereiro 2009

Samsung lança celular que funciona à base de energia solar

da Folha Online

O Blue Earth, celular com tela sensível ao toque que funciona a partir de energia solar, foi anunciado pela Samsung nesta quinta-feira (12). Segundo o blog Engadget Mobile, trata-se do primeiro dispositivo móvel que é recarregável por painel solar, disposto na parte traseira do aparelho.

Ainda de acordo com o blog, o Blue Earth é feito com plástico reciclado chamado PCM, que é extraído de garrafas PET. O dispositivo móvel também é livre de substâncias tóxicas como berílio.

A Samsung afirma que o Blue Earth vem com uma única interface de uso, "desenhada para a atenção à preservação do nosso ambiente frágil."

Tela brilhante, duração de energia e bluetooth podem ser ajustados para economia, no menu chamado "eco mode".

Há também a função "eco walk", que calcula o quanto emissões de CO2 podem ser reduzidas (e quantas árvores serão poupadas) pela caminhada, em detrimento do uso do carro.

O aparelho estará disponível no Reino Unido a partir do segundo semestre de 2009.

26 janeiro 2009

HD virtual do Google pode chegar em 2009.

O disco rígido virtual conhecido como Gdrive, aguardado serviço do Google, deverá mudar a forma como usamos computadores, oferecendo espaço para armazernarmos todos os nossos documentos. Os planos de lançamento do serviço vazaram em 2006, e agora o site TG Daily levanta a possibilidade de que ele esteja disponível ainda neste ano.

O Gdrive é basicamente um sistema de armazenamento "em nuvem" que deverá funcionar integrado a outros aplicativos do Google e permitirá que o usuário acesse seus arquivos de qualquer computador, em qualquer lugar.

A hipótese do site de que o disco virtual do Google seria lançado ainda em 2009 baseia-se em domínios registrado pela empresa, que sugerem um produto chamado "Webdrive". Outra pista colhida pelo TG Daily foi um tópico no fórum do site MacRumors, em que vários usuários relatam que o aplicativo Picasa para Mac, lançado recentemente em versão beta, oferece a opção "Google Web Drive" no menu - que, por enquanto, não leva a lugar algum.

O artigo publicado pelo TG Daily repercutiu em outros veículos da imprensa internacional, como o jornal britânico The Guardian, mas o Google não se manifestou.

O TG Daily, no entanto, cita uma entrevista dada por Todd Jackson, gerente de produto do Google para o Gmail, ao site Cnet. "Sabemos que o tamanho dos arquivos das pessoas está aumentando", ele disse. "Elas querem compartilhar seus arquivos, guardá-los na 'nuvem', e não se preocupar com qual computador estarão usando. O Google quer resolver estes problemas."

20 janeiro 2009

Novo material pode tornar objetos "invisíveis"

Um novo material que manipula a curvatura da luz levou os cientistas a se aproximarem de um dispositivo que pode tornar objetos invisíveis. Além das possíveis aplicações militares, o método também poderia ter um uso bastante prático ao tornar mais claras as comunicações por telefonia celular, disseram eles.

"A tecnologia de camuflagem poderia ser usada para fazer 'desaparecer' obstáculos que bloqueiam a comunicação", disse David Smith, da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, que trabalhou no estudo, publicado pela revista Science.

Smith faz parte da mesma equipe de pesquisa que, em 2006, provou que um aparelho como esse era possível.

Ele afirmou que o novo material é mais fácil de produzir e funciona em uma banda muito mais larga. É feito a partir de um metamaterial, uma substância exótica produzida artificialmente e dotada de propriedades que não existem na natureza.

Os metamateriais podem ser usados para formar diversas estruturas de "camuflagem", que conseguem "dobrar" as ondas eletromagnéticas, como as da luz, fazendo com que contornem um objeto. Esse efeito torna objetos invisíveis.

Nesse caso, o material é produzido a partir de mais de 10 mil pedaços individuais de um produto parecido com fibra de vidro. As partes são dispostas em fileiras paralelas sobre uma placa de circuito.

A equipe, que inclui Ruopeng Liu, também da Universidade Duke, e T. J. Cui, da Universidade Southeast, em Nanjing, China, realizou experiências de laboratório nas quais direcionou microondas através do novo material de camuflagem para um obstáculo colocado em uma superfície espelhada lisa. O processo impediu que os feixes de microondas se dispersassem e fez com que a superfície parecesse lisa.

Smith disse que o objetivo não é fazer com que algo visível desapareça. A camuflagem, disse ele, pode funcionar em qualquer porção do espectro eletromagnético.

Os seres humanos "vêem" usando a luz visível, cujos comprimentos de onda são inferiores a um mícron (um milionésimo de metro). Mas celulares e outros aparelhos "vêem" usando luz com comprimento de onda de alguns centímetros, explicou Smith em um e-mail.

Ele afirmou que objetos podem bloquear a "visão" dos celulares, dificultando a comunicação.

"Poderia haver duas antenas tentando 'ver', ou receber sinais, mas uma sendo bloqueada pela outra", disse ele. "Seria possível imaginar o uso do dispositivo de camuflagem para tornar as antenas invisíveis uma em relação à outra, para eliminar a interferência na comunicação."

Smith disse que a noção de um aparelho que torna objetos invisíveis aos seres humanos é ainda um conceito distante, mas não impossível de ser alcançado.

"Esta última estrutura que desenvolvemos mostra claramente que há potencial para camuflagem se tornar fato científico em algum ponto", afirmou o pesquisador.

Apesar da pesquisa da equipe contar com patrocinadores que incluem a empresa de produtos militares Raytheon Missile Systems e o Departamento de Pesquisa Científica da Força Aérea dos Estados Unidos, Smith disse que a tecnologia não foi criada para substituir a tecnologia "stealth".

"Se isso tiver um impacto em aplicações de comunicação, mesmo comerciais, essas mesmas aplicações podem existir presumivelmente em contextos de defesa."