20 novembro 2010

Daniel - Do outro lado do radio [nova]

Gustavo Lima & Jorge & Mateus - Inventor de amores

Problemas em alguns celulares N8

A Nokia, maior fabricante mundial de celulares, anunciou na sexta-feira que algumas unidades de sua linha de celulares inteligentes N8, o produto mais sofisticado da empresa, foram vendidas com um defeito de energia que faz os aparelhos desligarem sozinhos.
O sucesso do N8, o primeiro desafio real da Nokia ao iPhone da Apple, mais de três anos depois de seu lançamento, é visto como crucial para as margens de lucros da Nokia no trimestre, dizem analistas.
Niklas Savander, vice-presidente de vendas da Nokia, informou que 'um número limitado de usuários do N8' estava enfrentando o problema de celulares que se desligam sozinhos. O problema não permite o religamento do aparelho depois que a tela se apaga.
Um porta-voz anunciou que o defeito se deve a um problema de produção que já foi corrigido. Ele informou que o defeito se limita ao modelo N8 e evitou comentar um número preciso de aparelhos com problemas.
"Provavelmente nem todos os consumidores informaram a Nokia sobre os problemas, e por isso o número final de produtos defeituosos deve aumentar", disse Sami Sarkamies, analista da Nordea. "Problemas de hardware podem ser complicados de identificar e resolver", disse.
O defeito na gestão de energia deriva da maneira pela qual o componente central, que inclui a maior parte da tecnologia do celular, excluídas tampas e baterias, é instalado no Nokia N8.
"O número total de equipamentos com defeito é pequeno", disse Savander em vídeo veiculado no site da empresa.
O N8, primeiro modelo da Nokia a usar nova versão do sistema operacional Symbian, deveria originalmente ter chegado ao mercado em junho. Em abril, a Nokia anunciou que renovação do software demoraria mais que o planejado devido a problemas de qualidade e informou que o modelo seria lançado no final de setembro. Os aparelhos terminaram por chegar às lojas no mês passado.
Uma linha de celulares inteligentes com poucos atrativos frente à concorrência e os problemas de software foram vistos por analistas como principal motivo para que a Nokia substituísse Olli-Pekka Kallasvuo por Stephen Elop, oriundo da Microsoft, como presidente-executivo.

11 novembro 2010

Geteblog: A Secretaria de Estado da Educação Goiás, por in...

Geteblog:

A Secretaria de Estado da Educação Goiás, por in...
: "A Secretaria de Estado da Educação Goiás, por intermédio da Superintendência de Educação Básica e Coordenação de Educação a Distância, no ..."

26 outubro 2010

02 outubro 2010

Google confirma Brasil entre países com loja paga de aplicativos Android

Do G1, em São Paulo

O Google anunciou nesta sexta-feira que os brasileiros passarão a ter acesso à loja paga de aplicativos do sistema operacional Android nas próximas duas semanas. Na terça-feira (28), o site TechCrunch já havia publicado que o Brasil passaria a contar com a “Android Market Store” paga.
Outros 17 países também foram confirmados: Argentina, Austrália, Bélgica, Canadá, Cingapura, Coreia do Sul, Dinamarca, Finlândia, Hong Kong, Irlanda, Israel, México, Noruega, Nova Zelândia, Portugal, Rússia, Suécia, Suíça e Taiwan.
A loja paga de aplicativos para Android já está presente em 14 países: Áustria, França, Alemanha, Itália, Japão, Holanda, Espanha, Reino Unido e Estados Unidos.
No blog oficial do Android, a empresa ainda divulgou que desenvolvedores de mais 20 países, com a inclusão do Brasil, poderão vender seus aplicativos pagos na loja do Android.

18 setembro 2010

Minha Vida Mobile


Pesquisadores japoneses acabam de anunciar uma nova invenção que poderá mudar a forma que vemos os livros: está em teste uma tecnologia de escaner capaz de copiar um livro de 170 páginas em um minuto.
Um protótipo de escaner, capaz de digitalizar um livro em um minuto, estará pronto dentro de alguns anos, segundo afirmou o pesquisador que dirige a equipe da Universidade de Tóquio responsável pelo desenvolvimento desse aparelho, Yoshihiro Watanabe.
Esse escaner funcionará com câmeras capazes de tirar até 500 fotos por segundo, o que permitiria digitalizar um livro de 170 páginas em 60 segundos.
"Consideramos que se trata do sistema de scanner mais veloz do mundo, pelo menos levando em conta as tecnologias difundidas publicamente até agora", afirmou Watanabe.
"Estamos trabalhando com a possibilidade de usar robôs para que virem as páginas automaticamente e com mais concisão", acrescentou.

05 setembro 2010

A valorização do professor é fator decisivo para uma educação de qualidade

Em ano eleitoral, quero levantar uma bandeira em prol da educação de qualidade. Pois, que a educação no nosso País vai mal, não é novidade. Aliás, essa é uma informação recorrente nos meios de comunicação. Principalmente, quando os dados de alguns índices de avaliação são divulgados. Isso é real. O que não é real é o fato de apontarem o professor como o único e principal responsável por essa situação. Quando, na realidade, ele é um entre tantos outros responsáveis pela educação, inclusive, o Governo e os pais. Isso mesmo, ele é um dos profissionais que atua na escola, mas não o único. Outro fator agravante é o fato de aceitarem que educação seja “doação”. Até mesmo o professor “inconscientemente” age desse modo. Pois, quando alguém pergunta a ele o que faz, o mesmo responde: “dou aula”. Quando me refiro à valorização do professor, não faço uma cobrança unilateral, apenas ao Governo, à Secretaria de Educação ou ao MEC. Cobro também a valorização pessoal do pro fessor. É preciso que ele tenha orgulho do que faz, é preciso sentir-se importante em sua tarefa, que é educar. Para isso, em primeiro lugar, o professor precisa parar de se sentir o “coitadinho” e ir à luta! Até porque quem trabalha na educação já é um “Herói”. Vocês sabem qual é a rotina de um professor? Não? Pois, todos deveriam conhecer a desgastante rotina de quem trabalha com educação, ainda mais no Brasil. Falar horas seguidas, trabalhar em pé e ter “jogo de cintura” para lidar com alunos problemáticos são desafios que exigem bastante do físico e do psicológico. E, cedo ou tarde, as más condições de trabalho resultam em problemas que comprometem a eficiência do profissional. Conforme dados consultados, o número de professores que ficam doentes a cada ano é assustador e, em função disso, milhares de faltas são abonadas uma vez que foram acarretadas em função de problemas de saúde. E, nisso, os pais também têm uma grande responsabilidade. Conheço alguns que dão graças a Deus quando mandam os filhos para a escola, pois nem eles aguentam. Sem falar que não dão o mínimo de educação para seus filhos em casa. Como pode? Lembre-se que educação vem de berço. As tarefas ficariam mais equilibradas se cada uma das partes desempe nhasse bem o seu papel: os pais educam e os professores ensinam. Embora, a grande maioria acha que as tarefas são as mesmas, mas não são. Como essas tarefas não estão equilibradas, o professor na maioria das vezes tem que se desdobrar para ensinar e fazer o papel de pai, mãe, assistente social, psicólogo, malabarista, etc., e, em função disso, é comum encontrarmos professores estressados, mal humorados, de mal com a vida, sem paciência com os alunos. Não se assustem, agora, pelos menos, temos um nome “chique” para isso, esses sintomas fazem parte da síndrome de Burnout (já que no passado, dizia-se do professor que apresentasse esses sintomas que ele estava “tãn tãn” e, recentemente, que “pirô o cabeção”). Melhor esclarecendo, a síndrome de Burnout caracteriza-se por uma excessiva exaustão física e emocional, começa com um sentimento de desconforto que aumenta, enquanto a vontade de lecionar diminui. Burnout pode ser traduzido como queimar, pifar. O principal causador da síndrome de Burnout é o estresse. E o professor tem motivos de sobra para ficar estressado. Você acha que não? Então, troque de lugar com ele a penas por um dia e depois você me fala. Governo, sociedade, pais, façam algo rápido, levantem também uma bandeira em prol da educação de qualidade, pois, caso contrário, a síndrome de Burnout, continuará a fazer vítimas.  
Texto de Zélia Nolasco Freire enviado ao Jornal Virtual. A educadora é formada em Letras com Licenciatura Plena, com Doutorado em Letras pela UNESP/Assis. Professora dos Cursos de Letras da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).
Email:zelianolasco@uems.br

Samsung eleva meta de vendas de smartphones

A Samsung Electronics espera vender até 25 milhões de smartphones este ano, superando sua meta anterior, e prevê dobrar embarques em 2011.
O presidente da divisão de comunicações móveis da Samsung, JK Shin, disse que as vendas de smartphones em 2010 ficariam bem acima da meta anterior, de 18 milhões de unidades, em decorrência da popularidade do modelo Galaxy S, que utiliza o sistema Android, segundo a agência de notícias EDaily.
Leia também:
Segundo o veículo, Shin também disse que a companhia estima vendas de 50 milhões de unidades no ano que vem.
"Nossos embarques de smartphones irão facilmente superar 20 milhões de unidades este ano, graças a fortes vendas do recém-lançado Galaxy S... Esperamos que o número suba para 25 milhões este ano", afirmou ele.
A Samsung, que anteriormente afirmou que alcançaria vendas de 18 milhões de unidades de smartphones este ano, lançou o Galaxy em junho como resposta ao iPhone, da Apple.

19 abril 2010

Teste do Xperia X10

Xperia X10, o primeiro celular da Sony Ericsson a entrar no portfólio Android (versão 1.6), com tela de 4 polegadas. Para você ter uma ideia, o iPhone tem tela de 3,5 polegadas e o Milestone, de 3,7.

O X10 é também o primeiro aparelho do Brasil com processador Snapdragon: um core de 1 GHz, que, a propósito, reduz consideravelmente o consumo de energia. Por ser rápido, ele é um ótimo multitarefa.

Aliás, ser um multitarefa é algo que a Sony Ericsson foca desde a série W. Para quem gosta de aparelhos multimídia, ótima escolha =) Aproveite para conhecer outras funcionalidades do modelo:

. Câmera de 8.1MP, com reconhecimento facial e flash de LED (maior resolução de câmera do portfólio Android).

. Como todos os outros Androids, embarca as facilidades das ferramentas do Google (Gmail, YouTube, Google Maps) e mais dois softwares de gerenciamento da Sony Ericsson. São eles:

-Timescape: integra redes sociais (Facebook, Twitter e Picasa), além de atualizar posts, enviar SMS e editar contatos por meio do botão “Infinito”.

- Mediascape: organizador de mídias, a la iTunes. Organiza fotos, vídeos e músicas.

25 março 2010

SanDisk anuncia microSDHC de 32 GB

Mirando não só os fotógrafos profissionais, mas também aqueles entupidores de arquivos nos smartphones, a SanDisk anunciou hoje seu cartão microSDHC de 32 GB, com garantia de 5 anos e previsão de chegada ao varejo em abril.

A novidade chega pronta para colocar cerca de 4 000 músicas e 84 horas de vídeo no espaço interno. O preço indicado é de 199 dólares, mas como ela só chega ao varejo no próximo mês, não há o preço exato no mercado brasileiro.

Assim, o pequeno gigante junta-se à equipe de cartões de 2, 4, 8 e 16 GB. O grande mistério é como foi possível colocar 32 GB em um dispositivo tão pequeno quanto um microSD. E é bom ficar esperto: nem todos os gadgets aceitam o formato microSDHC. É bom consultar as especificações do seu aparelho antes de comprar essa minibelezura.

10 março 2010

Nokia quer expandir loja de aplicativos a celulares básicos

A Nokia pretende ampliar o acesso à loja de aplicativos Ovi Store no Brasil para mais celulares com sistemas operacionais mais básicos. A fabricante diz que negocia com operadoras a cobrança da venda de programas no telefone direto na fatura mensal, assim como o uso do cartão de crédito nesse tipo de transação.

Segundo Fábio Ranieri, gerente de vendas serviços Ovi no Brasil, a loja de aplicativos não é só para smartphones. O executivo cita dados de 2009, quando a loja foi lançada globalmente, compatível com 70 aparelhos. Hoje já são mais de 100 celulares, que usam distintos sistemas operacionais (Maemo e Symbian S60 nos smartphones e S40 nos mais básicos com conectividade, mas mais baratos). A ideia, com a integração da cobrança via operadora, é ampliar o uso dos aplicativos entre esses aparelhos com S40, de acordo com a empresa.

"Hoje, em média, cada usuário da Ovi Store baixa 12 aplicativos por mês. A loja tem que ser pra todos, e em 2012 pretendemos ter 300 milhões de consumidores em todo o mundo", disse Ranieri a uma plateia técnica durante o Bossa Conference, evento de software livre para dispositivos móveis que ocorre em Manaus (AM) durante esta semana.


25 fevereiro 2010

Yahoo! e Twitter assinam acordo para associação de serviços

O portal Yahoo! assinou um acordo de associação com o Twitter para oferecer o serviço de microblog a seus usuários, informa a empresa em um comunicado.

A associação inclui "três elementos principais", a começar pela possibilidade de as pessoas acessarem "seu fluxo pessoal do Twitter a partir dos diferentes produtos do Yahoo!, especialmente a página inicial", explica a empresa.

Também "poderão atualizar seu status no Twitter a partir das páginas do Yahoo!", e, além disso, "os resultados de busca do Yahoo!, em especial a de páginas de atualidade, incluirão as mensagens públicos do Twitter", afirma o comunicado.

O Yahoo! tem 600 milhões de usuários no mundo.

O acordo foi anunciado pouco depois de o Yahoo! ter sido autorizado nos Estados Unidos e Europa a ter uma associação com a Microsoft nas buscas na internet.

27 janeiro 2010

Lagoa Santa, Goiás


Foto108, upload feito originalmente por luzzimar.

Esta é a visão que se tem logo na entrada.

Lagoa Santa, Goiás


26.01.2010, upload feito originalmente por luzzimar.

Passamos um dia maravilhoso nesta maravilha de lugar.

21 janeiro 2010

ViewSonic coloca 1080p em portátil de 5″

viewsonic-moviebook-vpd550t

Para quem quer ver de tudo em qualquer lugar, mas com uma qualidade mais digna do que um vídeo de YouTube, o ideal seriam os benditos 1080p, não? Pois então, a ViewSonic, não tão famosa assim por seus portáteis, anunciou o MovieBook VPD550T, um aparelho cheio de cartas na manga.

A primeira grande sacada do aparelho são seus recursos. Além de uma telinha de 5 polegadas com resolução de 800 por 480 pixels, o MovieBook tem 8 GB de espaço interno, além de uma entrada para microSD, e uma saída HDMI para você conseguir alcançar os tão desejados 1080p.

A lista de arquivos que o pequeno player toca também são caprichados, lendo dos mais básicos, como MPG, WMV e AVI, até os mais recentes ou mais utilizados, como RMVB, MKV e ASF. Talvez sua única falha fique na duração de bateria. A ViewSonic promete apenas 4 horas de vídeo sem uma tomada por perto.

Porém, os americanos devem ficar felizes com essa opção. Isso porque o MovieBook custa 199 dólares nos EUA, um preço bem aceitável para esse tipo de aparelho.

16 janeiro 2010

Google Docs se torna disco virtual e armazena até 1 GB

O Google divulgou nesta terça-feira (12) que o pacote de utilitários on-line Google Docs passará atuar como um disco virtual, armazenando arquivos de texto, fotos, músicas e vídeos nos servidores da companhia. De acordo com a empresa, o serviço de “armazenamento em nuvem” estará disponível nas próximas semanas.

Os arquivos guardados na nuvem poderão ser acessados em qualquer lugar, tanto em um PC quanto em um iPhone ou smartphone, por exemplo. O conteúdo poderá ser enviado para uma pasta pública e compartilhado, como ocorre com os trabalhos do Google Docs. Cada usuário tem 1 GB de espaço gratuito para armazenar dados, sendo que cada arquivo tem um limite de 250 MB. A empresa cobrará anualmente US$ 0,25 por 1 GB adicional.

De acordo com Vijay Bangaru, gerente de produto do Google Docs, o tamanho dos arquivos que podem ser enviados para o disco virtual é maior do que o permitido em um anexo de e-mail. “Em vez de enviar arquivos para seu próprio e-mail, o que é um problema dependendo do tamanho, o usuário poderá fazer o upload de qualquer arquivo para o Google Docs”, afirma. “Você poderá até aposentar o seu pendrive reservado para arquivos muito grandes”.

04 janeiro 2010

HD de bolso Samsung é leve e rápido - Reviews

Quem procura um HD externo que combine elegância e velocidade tem no Samsung S2 Portable, de 500 GB, uma opção interessante. Além de ter acabamento caprichado, o dispositivo pesa 154 gramas, por isso não incomoda na bolsa ou na mochila. Com bons recursos de segurança e backup, o modelo só desagrada pelo preço. Ele custa 499 reais – fazendo as contas, chegamos a praticamente um real por gigabyte, valor alto para a categoria.

Nos testes do INFOLAB, o HD de bolso obteve boas marcas na transmissão de dados. A taxa média foi de 22,4 MB/s na escrita e 34,1 MB/s na leitura. O usuário pode baixar programas como o SecretZone, que criptografa arquivos e permite escondê-los numa partição protegida por senha, e o Auto Backup, que produz cópias de segurança. Porém, seria mais prático se os utilitários viessem no disco, dispensando o download.

O visual do HD da Samsung é outro ponto que chamou nossa atenção. Ele tem cantos arredondados e acabamento texturizado em preto brilhante na parte superior. A parte de baixo tem couro sintético, para que o aparelho não fique sambando sobre a mesa. Nas laterais, há uma faixa de plástico na cor prata, que circunda todo o modelo.